Inchaço nas Pernas - Causas Frequentes (Parte I)

Inchaço nas Pernas – Causas Frequentes (Parte I)

Inchaço nas Pernas – Causas Frequentes (Parte I)

Inchaço nas Pernas – Causas Frequentes (Parte I)

Diariamente diversas mulheres nos abordam para realizar um conjunto de sessões de pressoterapia, em busca de alívio para as pernas cansadas e inchaço dos membros inferiores (linfo edemas). Esta é uma das principais queixas que ouvimos e a pressoterapia pode realmente auxiliar a circulação sanguínea e reduzir a acumulação de fluidos linfáticos nas áreas com edema.

Existem várias causas que provocam o edema dos membros inferiores. Algumas têm um cariz comportamental, outras resultam de problemas de saúde que não devemos ignorar.

Inchaço nas Pernas – Causas Frequentes

  1. Varizes – comuns em diversas mulheres, constituem um problema circulatório que provoca ou agrava o inchaço das pernas. Inchaço nas Pernas - Causas FrequentesO sangue desce e dificilmente retorna da perna, acabando por extravasar plasma e causar a acumulação de líquidos. Deverá realizar caminhadas e aplicar um gel para a má circulação, de modo a estimular a circulação sanguínea. Os tratamentos de pressoterapia são altamente recomendados para estas situações, conseguindo ótimos resultados;
  2. Medicamentos – é o caso dos vasodilatadores, que acabam por produzir um efeito semelhante àquele encontrado nas pessoas com varizes, provocando o inchaço das pernas;
  3. Sedentarismo – o edema dos membros inferiores é muito frequente em pessoas que passam muitas horas paradas e sentadas. Procure elevar as pernas no final do dia, utilizar um gel para as pernas cansadas e realizar uma ou duas sessões semanais de pressoterapia. O exercício físico também é uma mais valia;
  4. Viagens longas (autocarro, avião, etc.) – se vai estar muito tempo confinada a um lugar sentado durante uma viagem de autocarro, avião ou comboio, é natural que as suas pernas inchem. Mais uma vez estará parada e a circulação do sangue será menor. Um truque para evitar a acumulação de fluidos nos membros inferiores é tomar uma Aspirina Infantil no início da viagem. Se tiver possibilidade, no avião ou no comboio, levante-se e caminhe um pouco até ao bar ou à casa de banho para estimular a circulação. Se viaja de carro, pare de 2 em 2 horas para esticar as pernas. Procure descansar bastante no final da viagem e, se necessário, faça uma sessão de pressoterapia no dia seguinte.

Brevemente publicaremos a segunda parte deste Artigo. Esteja atenta!

Comentários recentes...