Drenagem Linfática Facial – O que é? - PRESSOTERAPIA

Drenagem Linfática Facial – O que é?

Drenagem Linfática Facial – O que é?

Drenagem Linfática Facial – O que é?

A drenagem linfática facial é um tratamento preventivo, estético e terapêutico porque estimula a oxigenação dos tecidos, ativa os sistemas de defesa e trabalha o sistema linfático, estimulando-o a agir de forma rápida. Consiste numa massagem facial manual, bastante relaxante, que percorre o circuito normal dos vasos do sistema linfático contribuindo para que as toxinas e outros agentes patológicos sejam absorvidos pelo metabolismo e posteriormente eliminados.

O sistema linfático é constituído por uma enorme rede de vasos distribuídos por todo o corpo, inclusive no rosto, que recolhe os líquidos dispersos, filtra-os e direcciona-os para a circulação sanguínea. Estes vasos contêm linfa –  liquido existente nos vasos dos gânglios linfáticos – que se caracteriza pela sua viscosidade e por conter substância orgânicas e inorgânicas, toxinas e resíduos. A função da drenagem linfática facial é retirar a linfa acumulada nas células do rosto, eliminando as toxinas acumuladas nos tecidos faciais.

Benefícios da drenagem linfática facial

A drenagem linfática facial agrega vantagens a nível estético, mas também a nível da saúde porque estimula a ativação da corrente sanguínea e a oxigenação dos tecidos contribuindo para o relaxamento dos músculos da face eliminando as toxinas acumuladas entre as células causadoras das inestéticas linhas finas e marcas de expressão. Tem como objetivo, através de uma massagem manual (semelhante à feita na drenagem linfática manual) ativar, limpar e regenerar os tecidos, retardar o envelhecimento, remover as marcas de expressão, atenuar as olheiras, tratar e prevenir a acne, revitalizando aparência e vivacidade do rosto. Tem um efeito descongestionante e relaxante. É indicada, também, para o tratamento dos hematomas resultantes de cirurgias plásticas e de traumas.

Limitações da drenagem linfática facialDrenagem linfática facial

A drenagem linfática facial tonifica o rosto e retarda o envelhecimento precoce da pele. Os seus resultados são bastante satisfatórios, mas tem limites. Este tratamento não é indicado para eliminar manchas e rugas profundas. Apesar de ser um excelente auxiliar para remover as olheiras e os “papos” que se formam em torno dos olhos não consegue clarear a pigmentação profunda que afeta esta área do rosto. As únicas contra-indicações da drenagem linfática facial estão relacionadas com as pessoas que tem cancro no sistema linfático e para os casos de acne severo, uma vez que a massagem facial estimula a produção de glândulas sebáceas que podem agudizar o problema.

Quantas sessões de drenagem linfática facial deve fazer?

Os tratamentos de drenagem linfática facial são indicados para todas as idades. As peles, menos maduras, podem beneficiar deste procedimento uma vez que reduz as indesejáveis espinhas e a acne. Mantém a aparência da pele mais limpa, saudável e jovial.

A drenagem linfática facial deve ser recomendada por dermatologistas e especialistas na área. O procedimento deve ser realizado por profissionais credenciados para o efeito. Recomenda-se que seja feita semanalmente, podendo este intervalo ser reduzido nos casos em que as peles estejam muito comprometidas. A frequência ideal do tratamento depende da avaliação clínica que for feita. Normalmente, são prescritas 10 sessões de drenagem linfática facial. Este tratamento não é definitivo sendo importante manter a manutenção do procedimento para renovar a aparência e a jovialidade do rosto. Todos estas indicações variam com a idade, constituição orgânica e estado da pele. Este tratamento, como qualquer outro, deve ser acompanhado por exercício físico e por uma alimentação saudável.

 

Comentários recentes...