A Drenagem Linfática no Tratamento da Celulite

A Drenagem Linfática no Tratamento da Celulite

A Drenagem Linfática no Tratamento da Celulite

A Drenagem Linfática no Tratamento da Celulite

A celulite é um tema muito comum nas conversas entre mulheres e um dos fatores estéticos que mais afeta a autoestima feminina. Engane-­se quem pensa que a celulite surge apenas em mulheres que têm peso acima da média, ela pode surgir, igualmente, em jovens após a adolescência, quer estas sejam magras, com peso normal ou acima do esperado. No mercado da Estética, existem já diversas ofertas de tratamento que visam melhorar o aspeto da pele e reduzir o acumular de gordura no corpo, dois deles são a drenagem linfática manual e a drenagem linfática mecânica (Pressoterapia). Para entendermos como funcionam a ambos os tipos de drenagem linfática no combate à celulite, há que entender como esta se forma no corpo, nomeadamente nas pernas, coxas e abdômen, e os fatores que levam ao seu aparecimento.

Afinal o que é a celulite?

Drenagem Linfática Tratamento da CeluliteA celulite é a alteração dos tecidos que se situam logo debaixo da pele, sobressaindo à superfície como o conhecido “efeito casca de laranja”. São bolsas de gordura acumuladas por baixo da pele em zonas específicas do corpo como nas coxas, nas nádegas e no abdômen. A celulite surge por degradação do tecido gorduroso, que acaba por levar a uma deficiência a nível da circulação. Quando a acumulação de gordura é excessiva, comprime os vasos sanguíneos e linfáticos e provoca a formação de edemas e fibrose. Sempre que isto acontece, a celulite entra num estágio mais acentuado e forma áreas endurecidas e nodulares.

Quais são as causas que levam ao aparecimento da celulite?

A celulite tem diversas causas possíveis, sendo importante que comece por analisar o seu estilo de vida, pense no tipo de alimentação que tem, se é sedentário ou não, se vive uma vida stressante ou calma. Todos estes aspetos podem efetivamente contribuir para o aparecimento de celulite no seu corpo. Além destas causas, aspetos hormonais, hereditários e de dificuldade de circulação podem, também, desencadear este problema.

É possível tratar a celulite com drenagem linfática?

É sempre possível agir no sentido de contrariar a ação da celulite, podendo recorrer­se a várias ajudas, sendo talvez a mais importante delas a prática de exercício físico regular e uma alimentação saudável. Poderá igualmente recorrer a cremes para o efeitos e a tratamentos estéticos que certamente a vão ajudar no combate à celulite. De todos os tratamentos estéticos podemos salientar a drenagem linfática que ajuda a eliminar a acumulação de líquidos e toxinas no corpo.

A drenagem linfática manual e a Pressoterapia, são realmente benéficas no tratamento da celulite trazendo diversas vantagens como: a diminuição da gordura acumulada especialmente nas pernas, a diminuição do aspeto enrugado da pele e melhora a circulação do sangue.

Para que os resultados sejam visíveis o número de sessões pode variar de acordo com o grau de desenvolvimento da celulite, podendo ser necessárias entre 5 a 20 sessões. Assim, para casos em que a celulite já é visível em qualquer posição de observação, serão necessárias mais sessões.

Para além da redução da celulite, através da drenagem linfática vai conseguir emagrecer, pois o eliminar de líquidos do organismo e de gordura acumulada, leva à diminuição do volume do corpo. Pode saber mais sobre as vantagens da drenagem linfática, no nosso site sobre pressoterapia.

Para complementar este tratamento deve usar cremes anticelulite, que vão ajudar na estimulação da microcirculação, na produção de colagénio e na diminuição da gordura local. É importante ter atenção que não adianta só passar o creme, é necessário aplicá-­lo de forma correta: a massagem deve ser vigorosa, de baixo para cima, e em círculos com duração média de 10 minutos. Deve aplicá-­los, pelo menos, duas vezes ao dia.

No acompanhamento de qualquer tratamento estético a alimentação saudável é a principal aliada, sendo que o consumo de alguns alimentos específicos pode ser uma elevada ajuda. Assim combata a celulite comendo alimentos como: frutos vermelhos, chá verde, abacaxi e alimentos ricos em ómega 3 (o salmão, a sardinha e o atum). Para além destes, insira no seu cardápio frutas como a maçã e legumes de folha verde escura, ingira líquidos e lembre­-se de praticar exercício físico.

Não se esqueça que quando se opta por um tratamento estético, neste caso para reduzir a celulite, deve ter em atenção a certificação de qualidade do espaço selecionado, e da formação profissional do pessoal técnico, para que os benefícios deste tratamento sejam os melhores.

Comentários recentes...